Diario da bahia 950x100

Caminhão perde freios e vira

E-mail Imprimir  
       

caminhão viradoO caminhão virou no trevo de acesso a Itabuna, próximo ao extinto Motel Carinhoso, no final da Avenida Kennedy, bairro São Caetano. Foto: Diário Bahia.

Um caminhão carregado de bloco virou na tarde desta sexta-feira, 20, ao lado da BR-101, em Itabuna. O motorista, Jackson Araújo, sofreu apenas escoriações. Ele disse ao Diário Bahia que o acidente foi motivado por uma falha mecânica no veículo, que perdeu os freios numa descida. E a pista estava escorregadia por causa da chuva. O caminhão, placa NZU-6683, pertence à empresa Casa Bella Materiais para Construção, de Itapebi, extremo sul da Bahia.

Comentários (0)

BR-101: carro cai em represa e três engenheiros morrem afogados

E-mail Imprimir  
       

Um acidente ocorrido por volta das 10 horas desta quinta-feira, 28, na BR-101, matou os três ocupantes de um Pajero prata, de placa 5782. Por telefone ao Diário Bahia, o inspetor Marcos Vinicius Rodrigues, chefe da 5ª Delegacia da Polícia Rodoviária Federal, em Itabuna, informou que a tragédia aconteceu na altura do quilômetro 588, logo após o trevo de Camacan, próximo ao município de Santa Luzia.

Segundo a PRF, o motorista do carro, Marcos Vinicius Carvalho Borges, acabou se perdendo numa curva. O veículo caiu numa ribanceira e foi parar dentro de uma represa. As vítimas morreram, provavelmente, afogadas. Além de Marcos, estavam no automóvel, Aurelino Rosa Pereira e Daniela Bezerra Pereira. Todos eram engenheiros e moravam em Porto Seguro.

No momento do acidente chovia muito e a pista, molhada e escorregadia, deve ter contribuído para o desastre.

Comentários (0)

Morador de rua executado enquanto dormia

E-mail Imprimir  
       

O morador de rua dormia nessa calçada - foto: Radar NotíciasO morador de rua dormia nessa calçada - foto: Radar NotíciasUm morador de rua foi executado na madrugada desta quarta-feira, 27, na praça do bairro São Caetano, em Itabuna. A vítima, segundo testemunhas, estava na companhia de mais quatro pessoas com quem costumava passar o dia, quando foi surpreendido pelo criminoso.

Até o momento, o corpo do homem, de aproximadamente 30 anos, permanece sem identificação no Departamento de Polícia Técnica. Tudo o que se sabe, por enquanto, é que ele era conhecido como "Dida" e, provavelmente seria, além de alcoólatra, usuário de drogas. Um isqueiro e um cachimbo, usado para consumir crack, foram encontrados ao lado do cadáver.

A motivação do crime ainda é desconhecida

Comentários (0)

Suspeito de matar "Lady Butterfly" teria pedido senha de conta da vítima

E-mail Imprimir  
       

Luan foi visto entrando no apartamento momentos antes do dançarino ser morto - foto: Divulgação/Policia CivilLuan foi visto entrando no apartamento momentos antes do dançarino ser morto - foto: Divulgação/Policia CivilLuan Santos Gonçalves, 22 anos. Este é o nome do suspeito de matar, a golpes de faca, o dançarino do Axé Moi, Daniel José Oliveira Júnior, a "Lady Butterfly". O crime aconteceu na noite da última segunda-feira (18), em Porto Seguro, no apartamento onde a vítima morava.

Nesta  quarta-feira (20), a Polícia Civil daquela cidade divulgou fotos do acusado, que teria sido visto por testemunhas, entrando no condomínio na companhia do artista, momentos antes de ele ser assassinado.

Butterfly se apresentava no Axé MoiButterfly se apresentava no Axé MoiLuan e Daniel teriam se conhecido há apenas dois dias. Em depoimento a polícia, uma testemunha relatou que o homem teria pedido a senha da conta corrente do dançarino. A desculpa de Luan seria a de que precisava fazer um depósito para uma pessoa. A polícia, no entanto, ainda está checando a informação para descobrir se é verídica.

Também foram divulgadas imagens de uma câmera de segurança da rua, em que Lady Butterfly, esfaqueado, aparece na rua em busca de socorro e chega a bater, inclusive, na porta de dois vizinhos, mas não é atendido.

A polícia Civil trabalha com duas hipóteses: crime passional e latrocínio. O carro, o celular e o notebook do travesti foram roubados pelo criminoso.

Comentários (0)

Corretor de veículos executado em Itabuna

E-mail Imprimir  
       

Eleison morava e Barro Preto e trabalhava em Itabuna, onde foi assassinado Eleison morava e Barro Preto e trabalhava em Itabuna, onde foi assassinado Um corretor de veículos foi executado na tarde de ontem, 20, nas imediações do Centro Comercial de Itabuna. Segundo testemunhas, Eleison Santos Paiva, o "Piu-Piu", de 25 anos, tinha acabado de estacionar o veículo Gol, de cor preta, placa NYN 3026.

Quando ele descia do carro foi surpreendido pelos criminosos. O homem, atingido nas pernas e cabeça, ainda chegou a correr cerca 10 metros do local onde foi alvejado, mas acabou caindo morto no meio da rua.

A vítima seria morador da cidade de Barro Preto.

Comentários (0)

PF realiza operação de combate à pedofilia na Bahia e mais 11 estados

E-mail Imprimir  
       

PF realiza operação de combate à  pedofilia na Bahia e mais 11 estadosA Bahia está entre os 11 estados brasileiros incluídos numa mega operação de combate à pedofilia. A ação, que envolve cerca de 400 policiais, foi desencadeada desde o início da madrugada desta terça-feira, 19, pela Polícia Federal. O objetivo é cumprir 86 mandados de busca e apreensão, 30 de condução de suspeitos para prestar depoimento, além de um mandado de prisão preventiva. Ainda está prevista a realização de coletas de amostras biológicas dos suspeitos, para inclusão da base de dados de DNA da PF.

Batizada de "Glasnost" – transparência –, a operação, cuja investigação foi iniciada há dois anos, cumprirá também mandados contra brasileiros acusados, que moram nos Estados Unidos. Neste caso, o FBI dará o suporte necessário.

Segundo a Polícia Federal, a maioria dos investigados utilizava um site hospedado na Rússia, de onde eram divulgados fotografias e vídeos de abusos sexuais sofridos por adolescentes, crianças e até bebês. O conteúdo, por sua vez, era compartilhado por pedófilos do Brasil e do exterior.

Entre os investigados um policial militar, um oficial da Aeronáutica, vários professores e um chefe de grupo de escoteiros. Um dos acusados, inclusive, abusava da própria filha, de cinco anos de idade.

Além da Bahia, a ação acontece no Paraná, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo, Rio de Janeiro, Alagoas, Ceará, Maranhão, Minas Gerais e Goiás.

Comentários (0)

Aprensão de carro usado em execução pode ajudar esclarecer morte de usuario de drogas

E-mail Imprimir  
       

Gedivan era usuário de drogas, mas segundo o irmão, "não devia nada"Gedivan era usuário de drogas, mas segundo o irmão, "não devia nada"A apreensão de um carro, supostamente utilizado no assassinato de um homem, e a prisão de duas pessoas devem ajudar no esclarecimento do caso. Por enquanto, a suspeita é de que o fato possa ter ligação com o tráfico drogas. O crime, que vitimou o andarilho Gedivan Almeida Santos Júnior, de 30 anos, aconteceu na manhã de domingo, 17, na BR-101, próximo ao posto Atalaia.

O homicídio está sendo investigado pela delegada Lisdeile Nobre. O irmão da vítima e mais três pessoas, que teriam testemunhado o assassinato, foram conduzidos para a delegacia. Em depoimento, relataram saber quem são os acusados.

No final da tarde, dois jovens foram presos numa comunidade popularmente conhecido como "Pau Caído", no bairro Corbiniano Freire. Leandro Apolinário Silva, o "Leo Pivete", de 21 anos, e Samuel Carvalho Luna Neto, de 20 anos, participavam de uma festa, regada a música ao vivo e muita bebida.

Com eles, a polícia Militar apreendeu um Peugeot, de placa 5852, visto na cena do crime, além de muito dinheiro e cocaína. O veículo será submetido a uma perícia.

"Foi covardia mano"

No local onde Gedivam foi executado, o irmão e a cunhada estavam desesperados. Choravam e se debruçavam sobre o corpo o tempo todo. Aparentemente drogada, a mulher chegou a levantar a cabeça da vítima e pegou uma cápsula da bala usada na execução, mostrando o projétil para a imprensa, gritando palavras desconexas.

Segundo o irmão de Gedivan, eles são de Itapetinga e estavam em Itabuna há cerca de 10 meses. O jovem admitiu serem usuários de drogas, mas garantiu que não deviam nada. "Foi covardia mano", disse.

O carro usado pelos criminosos na execução da vítima teria sido este - foto: Plantão ItabunaO carro usado pelos criminosos na execução da vítima teria sido este - foto: Plantão Itabuna

Comentários (0)

Menor confessa morte de jovem e diz que alvo era uma mulher

E-mail Imprimir  
       

“Johny” pode ter sido vítima de bala perdida“Johny” pode ter sido vítima de bala perdidaSe for mesmo comprovado, o jovem Edilton Oliveira da Silva, o "Jhony", de 22 anos, executado num bar na noite do último sábado (09), em Gandu, pode ter sido vítima de uma bala perdida. O acusado do homicídio foi identificado: um adolescente de 14 anos, apreendido na terça-feira, 12, pela Polícia Militar, através do serviço de inteligência da 60ª CIPM.

O menor confessou o crime. Em depoimento, ele contou que Edilton não era o alvo dos disparos, ao contrário do que foi cogitado, inicialmente. Segundo o garoto, os tiros, na verdade, seriam para uma moça, que não estaria no estabelecimento. A morte dela, de acordo com o criminoso, teria sido encomendada.

O mandante seria o namorado da jovem, movido por ciúmes. No entanto, a polícia Civil continuará investigando o caso. Outras pessoas serão ouvidas, inclusive as que foram apontadas pelo acusado. Durante o atentado, mais três pessoas ficaram feridas, entre elas, duas mulheres, que também prestarão depoimento.

Comentários (0)

Exumação macabra: em lugar de corpo, galinhas e velas

E-mail Imprimir  
       

Galinhas, velas e até coração bovino em lugar de corpo (foto: Liberdade News)Galinhas, velas e até coração bovino dentro do caixão (foto: Liberdade News)Um caso inusitado desafiou a polícia de Mucuri, no extremo sul da Bahia. Ao exumar aquele que seria o corpo de uma criança, supostamente enterrada sem o atestado de óbito, os peritos Bruno Melo, Pablo Bomjardim e Welson Jorge, além do auxiliar de necropsia, José Francisco foram surpreendidos com um fato inusitado: quando abriram o caixão, ao invés do cadáver, um emaranhado de penas de aves pretas, corações bovinos, pés de galinhas, velas pretas e vermelhas. Também foram encontradas dentro da urna infantil branca uma camisa de algodão, pimenta e uma foto. No entanto, a imagem estava desbotada e não foi possível a identificada.

Para tentar entender essa história, que virou assunto em cada esquina do distrito de Itabatã, onde aconteceu o episódio, é preciso ir lá para o inicio de tudo. Ao blog Liberdade News, o delegado responsável pelas investigações, Charlton Fraga informou que o inquérito foi instaurado no último dia 31 de outubro para apurar o "enterro" da criança.

Ele esclareceu que a mãe do suposto menino de um ano de idade é a mototaxista Edileuza Pinto da Silva, que fez o sepultamento do "bebê" durante a noite, sem que os funcionários do cemitério soubessem. Para piorar a situação, a mulher teria tentado tirar uma Certidão de Óbito no Cartório de Mucuri. Os funcionários desconfiaram e resolveram comunicar o fato à polícia.

De acordo com Fraga, Edileuza foi ouvida. Também prestaram depoimento várias pessoas ligadas à mototaxista. E todas elas garantiram: nunca viram a mulher com nenhuma criança. Desconheciam até que ela tinha filho.

Ao depor na delegacia, o coveiro do cemitério, cujo nome não foi divulgado, relatou que foi procurado por Edileuza para fazer o tal sepultamento. Ele, então, orientou-lhe que retornasse na manhã do dia seguinte porque já estava tarde. No entanto, quando chegou para trabalhar, descobriu o que tinha acontecido e mandou que ela providenciasse, pelo menos, o documento. Diante de tantas contradições, o delegado pediu a exumação.

O procedimento aconteceu na manhã de terça-feira (12). Dr. Charlton acompanhou tudo. O caixão estava numa cova rasa de cerca de 60 centímetros. Para os peritos, não restam dúvidas: foi feito um ritual de magia negra, cujo alvo seria a pessoa da foto.

Surto

Quanto à "criança", o delegado explicou que a mulher teve um surto e imaginou ter tido um filho e que este tinha morrido. "Ela provocou todo esse problema, sendo preciso deslocar todo o aparato do Estado para a exumação de restos de animais e materiais de magia negra", disse Fraga ao Liberdade News.

Edileuza vai responder por crime de registro de nascimento inexistente e falsidade ideológica.

Comentários (0)

Laboratório de refino de cocaína é estourado em Itaberaba

E-mail Imprimir  
       

Em uma casa utilizada como laboratório para refino e ponto de distribuição de drogas, policiais da Delegacia Territorial de Itaberaba apreenderam no último fim de semana, 1,3 quilo de cocaína, 1,5 quilo de um pó branco ainda não identificado, produtos químicos, anestésicos, liquidificadores, panela, peneira, arco de serra e outros utensílios usados no processo de mistura da droga. Havia também no imóvel uma forma e uma prensa grande, um revólver calibre 38, munição de espingarda calibre 12, cartuchos para revólver e muitos sacos plásticos.

A localização do ponto de refino e tráfico aconteceu um dia após a equipe do titular da DT/Itaberaba, delegado Daniel Rodrigues de Holanda, apreender uma adolescente de 15 anos, que faria a entrega de um tablete com meio quilo e mais 50 gramas de crack à traficante Vanessa Reis de Santana, a "Vanessinha". A jovem levava o entorpecente dentro de um veículo alternativo para transporte de passageiros, conhecido como ligeirinho e abordado na estrada que liga Ipirá a Itaberaba.

Vanessa foi presa no centro da cidade, onde havia marcado um encontro com a adolescente, portando uma sacola plástica contendo R$ 1,7 mil, destinados ao pagamento da encomenda. Os policiais descobriram que ela ocupava uma casa no Loteamento Beira Rio e seguiram em sua companhia até o endereço, constatando que traficantes tinham transformado o imóvel em laboratório e ponto de distribuição de droga.

O delegado Daniel Rodrigues apurou que a cocaína e o crack são procedentes de Salvador e busca agora identificar e capturar o fornecedor. Todo o material apreendido já seguiu para perícia no Departamento de Polícia Técnica (DPT). Autuada em flagrante por tráfico de drogas, Vanessinha é mantida à disposição da Justiça no Complexo Policial de Itaberaba. Já a adolescente, aprendida em flagrante, embora entregue aos pais, terá contra si aplicadas, pelo Ministério Público, as medidas sócioeducativas.

Comentários (0)

Execuções no mesmo local podem estar ligadas ao tráfico de drogas

E-mail Imprimir  
       

O menor Marcos Murilo foi mais uma vítima da violência desenfreda em Itabuna - foto: Plantão ItabunaO menor Marcos Murilo foi mais uma vítima da violência desenfreda em Itabuna - foto: Plantão ItabunaA polícia Civil de Itabuna investiga dois homicídios registrados no domingo, 10, em Itabuna. Um fato chamou a atenção dos investigadores: as execuções ocorreram no mesmo local: loteamento Gegéu Rocha, no bairro Fonseca, só que em horários diferentes e cerca de 100 metros de distância um do outro. Uma das hipóteses é de que os crimes estejam ligados ao tráfico de drogas.

As vítimas foram executadas num prazo de seis horas. Uma delas era menor de idade, identificada como Marcos Murilo Viana da Silva, de 17 anos. A identificação do segundo homem, morto com aproximadamente seis tiros de pistola 380, não tinha sido divulgada até o fechamento dessa matéria.

Comentários (0)

Adolescente envolvido em troca de tiros é apreendido em Itabuna

E-mail Imprimir  
       

Essa arma foi apreendida em poder do menorEssa arma foi apreendida em poder do menorA Polícia Militar de Itabuna apreendeu na tarde do último sábado (9) um adolescente de 17 anos. A ação aconteceu por volta das 16 horas na rua São José, no bairro Maria Pinheiro. A apreensão do menor foi possível graças a uma denúncia ao Centro Integrado de Comunicação (Cicom).

O acusado estaria, de acordo com populares, envolvido num tiroteio entre traficantes rivais naquela comunidade, em plena luz do dia. Os criminosos chegaram, inclusive, a trocar tiros com os policiais. Em seguida, se esconderam num matagal. Outras guarnições do 15º BPM foram acionadas e cercaram o bairro. O garoto foi apreendido nas imediações da Fazenda Gaúcha.

Com ele, a PM encontrou um revólver Taurus, calibre 38, com numeração raspada e cinco cartuchos deflagrados. Segundo a polícia, os demais envolvidos conseguiram fugir.

As operações são executadas em toda cidade sob a orientação e supervisão do tenente coronel Ubiraci Barbosa, comandante do 15º Batalhão. E ele avisou: "As operações continuam e nós precisamos do apoio da população".

Barbosa ressaltou a importância dos canais de comunicação com o BPM – o disque denúncia (73) 3215-7470 (das 7h às 19h) e o email O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. . "Os olhos e os ouvidos da polícia é a comunidade. O cidadão não precisa ter medo ao denunciar, pois a sua identidade será mantida em sigilo, além de não precisar se identificar quando usar o telefone", tranquilizou o comandante.

Comentários (0)

PM prende assaltantes de carro um dia após saírem do presídio

E-mail Imprimir  
       

Deyvison Vicente Barreto e Michelangelo da Silva Oliveira foram levados primeiro ao Conjunto Penal de Itabuna, também devido a roubo de carro

 

Deyvison e Michelangelo foram flagrados com dois carros roubadosDeyvison e Michelangelo foram flagrados com dois carros roubadosApós praticarem um assalto no último final de semana a um veículo tipo Fiat Siena, cor prata, modelo 2010, Placa Policial NTR-3293 que se encontrava no Distrito de São João do Panelinha, município de Camacan, foram presos por prepostos da 62ª Companhia Independente Deyvison Vicente Barreto e Michelangelo da Silva Oliveira.

Um dia antes do assalto registrado no Distrito de São João do Panelinha, tanto Deyvisson quanto Michelangelo tinham deixado o presídio de Itabuna onde encontravam-se recolhidos após terem sido autuados no dia 23, também por furto de veículo.

Segundo a assessoria do Major Rodrigues de Castro, o fato aconteceu por volta das 08h30min, quando Deyvison e Michelangelo tomaram o veículo de assalto, fugindo sentido Itabuna.

Porém, A Polícia Militar fechou o cerco no percurso em que os acusados escaparam. Ao avistar as barreiras, eles abandonaram o veículo nas proximidades do município de São José da Vitória, onde fugiram para o matagal existente às margens da BR 101.

Os dois foram alcançados, detidos e presos por policiais militares de Camacan e apresentados mais uma vez à Delegacia de Polícia, onde foram autuados em Flagrante.

Comentários (0)

“Fim dos conflitos na região não depende da ação da PF”

E-mail Imprimir  
       

A declaração acima é do delegado da Polícia Federal, em Ilhéus, Mário Vinicius, durante uma reunião no Rotary Club

1 - Mario Vinicius - CópiaO delegado falou sobre a atuação da PF nos conflitos entre indígenas e produtores rurais.

O delegado chefe da Polícia Federal em Ilhéus, Mário Vinicius Neves Lima, falou sobre os conflitos envolvendo pequenos agricultores e índios da etnia tupinambá no Sul da Bahia. A palestra aconteceu no último dia 29 de outubro, durante reunião do Rotary Club de Itabuna.

Segundo Mário Vinicius, que foi designado em janeiro para acompanhar essa questão fundiária, a Polícia Federal tem como principal missão acabar com a violência que se instalou durante a ocupação das terras.

De acordo com ele, o fim dos conflitos na região não depende da ação da PF ou da Força Nacional, que fazem a segurança na área, mas sim da Justiça, que precisa tomar decisões sobre a legalidade dos estudos antropológicos.

"Nós não temos atribuição legal para dizer quem deverá ser o dono. A nossa missão precípua é acabar com a violência, seja de que lado for. A PF, por mais que alguns não gostem, é dos brasileiros, sejam eles quais forem", disse o policial.

Logo que começaram os conflitos, a diretoria do Rotary Club de Itabuna manifestou preocupação e decidiu acompanhar todos os debates sobre o assunto, inclusive dando apoio aos membros do Rotary de Buerarema e aos produtores daquele município. O presidente da entidade, Luís Amaral, disse que a presença do delegado Mário Vinicius foi fundamental para elucidar detalhes de todo o problema vivido por agricultores e índios.

"Foi uma palestra bastante esclarecedora sobre a questão dos conflitos envolvendo produtores rurais e índios. O Dr. Mário Vinicius nos deu uma ideia de como compreender e nos portar diante desses problemas. Aqui no Rotary temos vários produtores que vivem esse dilema, e esse diálogo vai nos dar uma diretriz de agora em diante. Estamos satisfeitos com essas explicações e acredito que a grande maioria aqui presente pode tirar suas dúvidas quanto à questão das ocupações de terras pelos tupinambás. Correspondeu às nossas expectativas', concluiu Amaral.

Comentários (0)

"Eu traficava no passado", diz suposto chefe do "Raio B" ao ser preso

E-mail Imprimir  
       

Sid diz que é inocente, mas quer ficar na cela do “Raio B”Sid diz que é inocente, mas quer ficar na cela do “Raio B”Tráfico de drogas, homicídios, aliciamento de adolescentes para o crime. Estas são apenas algumas das acusações que pesam sobre Sid Alexandria Santos, o "Sidinho", de 34 anos. Apontado, ainda, como chefe do "Raio B" em Itabuna, o homem foi preso na noite de quinta-feira, 31, pela Polícia Militar de Itajuípe.

A Polícia Civil, que já vinha investigando o acusado e o procurava desde a Operação Plutão, não descarta a suspeita de que ele seja o líder do tráfico na rua Beira Rio, bairro Nova Itabuna. O traficante estava escondido em Itajuípe havia cerca de 20 dias e foi localizado graças a uma denúncia de populares, que suspeitaram de atitudes estranhas do "novo morador".

Em entrevista à imprensa, ele alegou inocência e disse que estava naquele município, porque foi visitar um tio. No entanto, ao ser questionado em que cela desejaria ficar, não teve dúvidas: Raio B. "Então você tem envolvimento com o crime?", perguntou um repórter. "Eu não. Eu traficava, mas isso foi no passado. Eu estou trabalhando. Tenho meu próprio comércio", esquivou-se.

Comentários (0)

Homens são sequestrados e executados em Santa Cruz Cabrália

E-mail Imprimir  
       

Os corpos foram encontrados nesse local – foto: Radar 64Os corpos foram encontrados nesse local – foto: Radar 64A polícia Civil de Santa Cruz Cabrália segue com as investigações de um duplo homicídio que chocou o município no último fim de semana. Os corpos das vítimas – dois homens – foram encontrados na manhã do domingo (3), dentro de um casebre abandonado na região do Projeto São Miguel, zona rural da cidade.

No entanto, testemunhas afirmam terem visto o exato momento em que eles e mais duas pessoas foram sequestrados por aproximadamente 10 homens armados. Os criminosos estavam em carros e motos e teriam chegado na praça, palco do rapto,por volta das 23 horas de sábado,02.

Ainda segundo relato de populares, os suspeitos bradavam que eram da polícia e insistiam em saber onde ficava a "boca". Os corpos, cuja identificação ainda tinha sido divulgada até o fechamento dessa matéria, apresentavam várias marcas de tiros. Na cena do crime, foram encontradas cápsulas de pistola calibre 45.

Os corpos foram levados para o Instituto Médico Legal de Porto Seguro. A polícia tenta descobrir se as vítimas seriam, de fato, o alvo da quadrilha, ou foram mortos por engano.

Comentários (0)

"Eu traficava no passado", diz suposto chefe do "Raio B" preso em Itajuípe

E-mail Imprimir  
       

Sid diz que é inocente, mas quer ficar na cela do “Raio B”Sid diz que é inocente, mas quer ficar na cela do “Raio B”Tráfico de drogas, homicídios, aliciamento de adolescentes para o crime. Estas são apenas algumas das acusações que pesam sobre Sid Alexandria Santos, o "Sidinho", de 34 anos. Apontado, ainda, como chefe do "Raio B" em Itabuna, o homem foi preso na noite de quinta-feira, 31, pela Polícia Militar de Itajuípe.

A polícia Civil, que já vinha investigando o acusado e o procurava desde a Operação Plutão, não descarta a suspeita de que ele seja o líder do tráfico na Rua Beira Rio, bairro Nova Itabuna. O traficante estava escondido em Itajuípe a cerca de há 20 dias e foi localizado graças a uma denúncia de populares, que suspeitaram de atitudes estranhas do "novo morador".

Em entrevista a imprensa, ele alegou inocência e disse que estava naquele município, porque foi visitar um tio. No entanto, ao ser questionado em que cela desejaria ficar, ele não teve dúvidas: Raio B. "Então você tem envolvimento com o crime?", perguntou um repórter. "Eu não. Eu traficava, mas isso foi no passado. Eu estou trabalhando. Tenho meu próprio comércio", esquivou-se.

"Uma pequena infelicidade"

No momento da prisão, "Sidinho" portava o documento do irmão. "Foi uma pequena infelicidade. Os documentos dele estavam junto com os documentos da minha moto", justificou.

O homem já foi transferido para Itabuna, onde, após prestar depoimento no Complexo Policial, foi encaminhado para o Conjunto Penal. Já constava contra ele um mandado de prisão por homicídio. Ele é suspeito de participar da morte de "Batoré", executado esse ano, no bairro Nova Itabuna. "Não matei ninguém não", sustentou Sid.

Comentários (0)

Ele não sabia nadar', diz irmão de cantor que morreu afogado em Ilhéus

E-mail Imprimir  
       

Do G1

 Cleiton morreu afogado durante um passeio a Ilhéus

Cleiton morreu afogado durante um passeio a IlhéusO corpo do cantor gospel Cleiton Frack, que morreu afogado em Ilhéus, no sul da Bahia, foi levado para Osasco, em São Paulo, na madrugada desta quinta-feira (31). De acordo com informações de Adilson Oliveira, irmão do artista, o traslado foi feito por via terrestre e via aérea. O corpo foi levado de carro, na noite de quarta-feira (30), de Ilhéus para Salvador, de onde foi traslado de avião no final da madrugada desta quinta-feira.

O corpo de Cleiton está sendo velado na Igreja Central de Osasco. Em seguida, será levado para o cemitério do Jaraguá, na capital paulista, onde será sepultado.

O irmão de Cleiton esteve em Ilhéus para fazer o traslado do corpo do cantor. Adilson afirmou ao G1 que foi informado que Cleiton estava sozinho no momento do ocorrido e que o músico não sabia nadar.

"Pelas informações que tive, ele foi para a praia um pouco antes de ir para o aerporto e disse que nem ia entrar, ele gostava de ficar molhando os pés. Ele ia embora no dia 28 [um dia antes], mas teve um problema no voo e ele ficou. Ele estava em turnê na Bahia. A gente acha que ele pode ter caído em um buraco. Ele não sabia nadar, mas não costumava entrar na água", contou.

Comentários (0)

PRF prende quadrilha especializada em assaltos a banco na BR-116

E-mail Imprimir  
       

quadrilha PRF okoksiteO bando confessou o crime aos policiais rodoviários federais (foto: Divulgação/PRF)O Grupo de Policiamento Tático da Polícia Rodoviária Federal em Vitória da Conquista conseguiu prender na noite de quarta (30), uma quadrilha especializada em assalto a banco. A ação aconteceu na altura do KM 932 da BR-116, no município de Encruzilhada.

O grupo dividido em dois veículos, sendo o primeiro um Toyota /Corolla, de placas frias e CRLV falso. Ao consultar os sistemas de pesquisa, os policiais descobriram que a placa verdadeira do Toyota era EEL 8015/SP, com registro de roubo. Neste carro, estava o condutor de 54 anos, cujo nome não foi divulgado. Ele possuía mandado de prisão em aberto por roubo, expedido em 2009 pela Justiça de Santa Catarina. Além, foram presos outros dois passageiros, de 35 e 28 anos, que também tinham passagens por roubo.

Simultaneamente foi abordado o segundo veículo usado pela quadrilha, um Nissan/Tida, com placa de São Paulo. Este automóvel seguia logo atrás, com mais dois componentes, também passagens pela polícia. À PRF, os ocupantes dos dois veículos entraram em contradição diversas vezes, informando ao final, que agiam em crimes de assalto a banco.

Os veículos recuperados e os criminosos foram encaminhados para a Delegacia de Cândido Sales.

Comentários (0)

Assassinato na BR-101

E-mail Imprimir  
       

Rafael foi morto neste local. A PM resguardou a cena do crime até a chegada do DPT - foto: Verdinho ItabunaRafael foi morto neste local. A PM resguardou a cena do crime até a chegada do DPT - foto: Verdinho ItabunaA BR-101, imediações de Itabuna, foi palco na manhã desta terça-feira, 29, de uma execução. Rafael de Jesus Gomes, 22 anos, entrou para as estatíticas da violência, que vem assustando moradores de vários bairros da cidade.

O crime, segundo testemunhas, foi cometido por dois homens, que estavam em um veículo Strada branco. O fato aconteceu logo após o Posto Atalaia, próximo ao bairro São Lourenço.

A polícia Militar foi acionada e ficou no local até a chegada do DPT e da polícia Civil. Os motivos do homicídio ainda são desconhecidos. A presença da PM e de curiosos atraiu a atenção dos motoristas que passavam pelo local. Alguns, inclusive, chegaram a parar para ver do que se tratava.

Comentários (0)
 Diário Bahia Rua A, n.56 - Lot. Ruffo Cunha - Centro - Itabuna - Bahia - Tel:3613-3040 - O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. logo-solta-horizontal